gallery/published_general-blog_01

Caminhando estrelas

         

                     Max Klim

Caminhando estrelas

         

                     Max Klim

A astrologia representa a soma de todo o conhecimento psicológico da Antiguidade

 

                                                                                                                    Carl Gustav Jung

 

 

O mês de Câncer para todos os signos

 

 

 

 

 

 

 

 

                          

 

Com a entrada do Sol em Câncer, o principal dos corpos celestes nas influências sobre o ser humano passa a ocupar, no Zodíaco, uma casa diferente em seu mapa pessoal. Nela, há elementos que ganham importância e destaque ao longo do período que se aproxima bastante do mês lunar. Tais elementos representam áreas de sua vida que ganham maior significação nesta fase. Nossas previsões compreendem o mês astral que vai de 21 de junho até 22 de julho

Com esse movimento do Sol que passa a ocupar, no Zodíaco, uma casa diferente, há elementos que ganham importância e destaque ao longo deste período. Esses elementos são áreas de sua vida que têm o Sol a interferir em cada um deles. Isso não significa uma ação negativa ou positiva, pois a capacidade humana de se auto-determinar é que governa essa tendência. Mas, a área regida pelo Sol mostra campo aberto para que nele se atuem elementos externos.

Em cada um dos signos esta é previsão base para este mês astral que vai até o dia 22 de julho.

 

Áries

21 de março a 20 de abril

 

Áries sob a regência do Sol em Câncer - O Sol, nesta fase, transita pela sua quarta casa, aquela que diz do lar, do ambiente doméstico e tudo o que diz respeito a ele, como forma de sua vida habitual. O pai integra esse quadro de regência e o trato com todos se faz de forma marcante enquanto durar esta regência. Nesta fase o nativo deve atentar para atitudes de oposição a seu desempenho com o trabalho e delas cuidar com atenção para não se prejudicar. O Sol agora rege também os assuntos da agricultura e tudo o que disser de mineração e de minerais, especialmente aqueles que nos trazem pedras preciosas e semipreciosas.   No nosso corpo, rege o aparelho digestivo.

 

Touro

21 de abril a 20 de maio

 

Touro sob a regência do Sol em Câncer - Com o Sol regendo a sua casa III, as influências até a próxima mudança de regência solar acontecem basicamente  sobre sua inteligência, intelectualidade e tudo o que se relacionar a seu intelecto. A fase governa também sua habilidade e direcionará viagens curtas e o relacionamento com irmãos.  Nesses campos estará a maior influência do Sol e isso nos diz de vantagens que se fazem com documentos, criação literária e estudos, Na sua saúde busque cuidar um pouco mais dos pulmões e dos membros superiores. 

 

Gêmeos

21 de maio a 20 de jJunho

 

Gêmeos sob a regência do Sol em Câncer - O Sol governa para você, geminiano, a 2ª casa zodiacal, aquela que em nossas vidas as nossas aptidões e a forma com que nos dispomos a ganhar a vida, obter dinheiro através de nosso trabalho e do exercício profissional. Depois da regência solar sobre nossa personalidade, temos uma fase benéfica para as perspectivas financeiras, nossas propriedades e bens e o relacionamento que mantemos com esses campos da atividade humana. Neles se desenvolvem os principais acontecimentos desta fase. Na saúde há que se cuidar da garganta, do pescoço, nariz e da audição. 

 

Câncer

21 de junho a 20 de julho

 

Câncer sob a regência do Sol em sua 1ª casa zodiacal - A primeira casa do zodíaco rege, para todos nós, a personalidade e o “ego”. Assim, quando sol ingressa no nosso signo natal, recebemos fortes influências sobre nossa forma de ser e de se comportar. É a fase em que se define, com a infância, o rumo de nossas vidas, expressando o nosso meio-ambiente e nosso relacionamento com os mais velhos no campo oposto de nosso primeiro contato com o mundo. Nossa maneira de reagir a esse mundo, nele nos expressando como personalidade, é dirigida por esta regência que atua também sobre o crânio e a face.

 

Leão

21 de julho a 22 de agosto

 

Leão sob a regência do Sol em Câncer - Você ingressa agora na última casa do zodíaco, aquela que nos diz de preparação para o renascimento. A décima segunda casa zodiacal é importantíssima para que amealhemos forças para enfrentar os desafios vindos com o Sol regendo nossa primeira casa. A tradição popular identifica este período com o chamado “inferno zodiacal”, vez que nos tornamos mais frágeis e influenciáveis, mais emotivos e sujeitos a influências externas. Mas, isso mostra que o Sol rege um período em que nos confinamos para nos preparar para a explosão da força criadora do primeiro momento de nossas vidas. É um momento importante que faz com que enfrentemos os desafios do amanhã com maior determinação. Agora, há que se ter cuidado com os membros inferiores, especialmente, os pés.

 

Virgem

23 de agosto a 22 de setembro

 

Virgem sob a regência do Sol em Câncer - Agora, virgiano, o Sol passa a reger a casa zodiacal que o põe em contato com o seu próprio mundo, atuando sobre as amizades e a fraternidade, fazendo com que elas ganhem destaque e importância em seu cotidiano. Nesta fase, de bons augúrios para que você trate com o dinheiro proveniente de seu próprio esforço e trabalho, o Sol dirige sonhos e aspirações tornando-os factíveis e bem mais próximos da realização, compensando-o por lutas passadas. Mas, da mesma forma, governa a nossa ambição e, no caso do nativo, faz com que se pense bastante antes de dar vazão a tudo o que desejamos. No nosso corpo a regência solar se dá sobre as pernas e tornozelos.

 

Libra

23 de setembro a 22 de outubro

 

Libra sob a regência do Sol em Câncer - O Sol em Câncer governa a décima casa zodiacal de Libra e, com isso, faz com que  os assuntos relacionados a posição social do nativo, sua honra e conceito públicos, reputação profissional , a carreira e o exercício de quaisquer atividades que a ele dêem poder, sejam dimensionados de forma muito forte. Neste período, o seu relacionamento com as pessoas que em sua vida expressam esse prestígio e conceito, os pais e os seus superiores, se os tiver, ganha maior significação e expressividade, fazendo com que aí se desenrolem os acontecimentos marcantes desta fase na qual podem acontecer viagens longas. No nosso corpo, o Sol canceriano governa os joelhos. 

 

Escorpião

23 de outubro a 21 de novembro

 

Escorpião sob a regência do Sol em Câncer - O fato de serem ambos os signos do mesmo elemento, gera para o nativo boas influências neste período em que o Sol transita por Câncer. A regência solar se faz sobre a nona casa zodiacal, aquela que nos diz do lado espiritual de nossas vidas, da instrução mais refinada e que nos diz da Universidade e do ensino avançado e da pesquisa, das profissões com enfoque ainda maior sobre as carreiras ligadas ao Judiciário. Agora, o nativo verá o seu lado interior muito mais ampliado e valorizado, com o aparecimento de dons que tem latentes e pouco usa, como a intuição e a premonição. No nosso corpo, rege o sistema nervoso, os quadris e as coxas.

 

Sagitário

22 de novembro a 21 de dezembro

 

Sagitário sob a regência do Sol em Câncer - A regência do Sol sobre a sua oitava casa zodiacal faz agora aflorar tudo o que diz respeito aos que o antecederam os ancestrais e aqueles que já nos deixaram. É uma fase em que as dívidas assumem uma importância , especialmente aquelas que falam de governo ou de atividade no serviço público. O sagitariano agora se verá envolto em questões ligadas, positiva ou negativamente a finanças que falam ou digam respeito a sua vida em família. nesta fase, a atração pelo oculto é maior que em qualquer outra época do ano, levando-o a aproximar-se de pessoas e fatos relacionados a esse lado do conhecimento. No nosso corpo, o Sol rege os órgãos da reprodução e falam do sexo, um dos elementos característicos do próprio signo.  

 

Capricórnio

22 de dezembro a 20 de janeiro

 

Capricórnio sob a regência do Sol em Câncer - Nesta fase em que o Sol rege a sua sétima casa zodiacal, os acontecimentos deverão receber influência muito acentuada quando disserem de sua associação com outras pessoas, tanto no campo afetivo, como o casamento, noivado e vida em comum, quanto na prática profissional e interesses materiais. É a fase dos sócios, parceiros e companheiros e como conseqüência disso, diz também de divórcio, ações legais vinculadas a esse tipo de aproximação entre as pessoas. Neste período, o capricorniano ganha maior fascínio para tratar com outras pessoas, com o público, valorizando a ação na política. No nosso corpo o sistema venoso e os rins são influenciados diretamente pelo Sol.  

 

Aquário

21 de janeiro a 19 de fevereiro

 

Aquário sob a regência do Sol em Câncer - O Sol rege a sexta casa na sua caminhada pelo Zodíaco e esta casa nos diz do emprego e do relacionamento entre o nativo e patrões ou subordinados, dependendo de sua posição no trabalho. Essa influência sobre atividade profissional pode ser muito benéfica pois se complementa pelo relacionamento entre você e aqueles que partilham seu cotidiano. Isso mostra possibilidade e a concretização de planos e projetos nessa área. Os alimentos e a sobrevivência com suas necessidades básicas, além da roupa, tudo também tem influência neste período que, em nosso corpo, governa os intestinos.

 

Peixes

20 de fevereiro a 20 de março

 

Peixes sob a regência do Sol em Câncer -  O Sol transita pela sua quinta casa zodiacal, e, como signo do mesmo elemento, trás ao nativo uma fase de intensa atividade relacionada aos prazeres, ao lazer, divertimento  e o mundo das diversões. O teatro e as artes recebem a maior e mais forte dessas influências. Nisso vai o interesse apenas pelo lazer ou profissional. No campo financeiro é o momento em que as especulações ganham maior importância e envolvem a ação positiva do nativo. Nesta fase, o Sol governa o coração e as costas.

 

 

gallery/cancer_04